Extrelista

Ex.tre.lis.ta

1 Pessoa que age aos extremos através de uma lista. 2 Ato de estrelar surpreendentemente através do fatalismo estilista. 3 Coisa ou verbo inerentes do alfabeto imaginário pessoal de uma criatura perdida em meio a definições inconcebíveis. 4 Palavra que vem do consulado lácteo em que nenhuma sensação faz sentido, mas que o criar desnecessário é formador de características alienígenas.

O que o sensor marca em sua balança interior? O pavor me condena, contudo não me proíbe de agir. Sou a incongruência artificial. Sou o fator concebido por um tempo sem hora e pela construção de minúsculas faíscas de revolta. Sou a marca de um meio infinito preso a uma folha de papel escrita em caligrafia padronizada. Sou o sentimento de excitação perante um espaço de luz a espera de movimentação. Sou o ritmo desmistificado pelas correntes cognitivas da produção de vida. Sou a arte invertida em um processo eliminatório de experiências estranhamente silenciosas. Sou o não rimar da poesia. Sou a definição do querer. Sou um futuro no passado e um texto farto. Sou a pulsação da alma diante de uma imensidão que explode no peito e obriga a criar.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s