Em busca de um nada imperfeito procuro o algo sentimental indiscutível e imaterial. Cabe às poucas palavras existentes definirem um exato significado para minhas filosofias infinitas. Das melhores discussões internas poucas realmente servem de algum consolo mental. Em quais situações meu corpo deseja estar presente e em quais ele permanece inerente? Meus olhos estão cegos de juventude e minha alma é tão clara que talvez acabe desaparecendo. Trasbordei de loucuras à meia noite de um outono gelado. A impaciência é aparente e o desespero praticamente oculto. Que fragilidade, que desconfiança, que confusa. A pele é cálida à luz da lua farta. Diz-me o que sentes e meus pedaços dançarão ao presente evento. Não sorria no inverno descompromissado, pois há probabilidade de fortes nevascas. Respirou e criou.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s