Aside

O suor cálido ultrapassa minha pele e atinge meus músculos corados. Posso sentir o oxigênio que pulsa em minhas células famintas por substâncias inanimadas. Em minhas veias flui um sangue amargo e obscuro que clama pela solidão. Meu cérebro insensível e mal amado fornece os piores estímulos para os órgãos desabitados. O mísero coração não permite que os imprudentes fervores lhe atinjam o peito. E esse corpo descontrolado faz das tripas uma conexão defeituosa, na tentativa de sobreviver ao pânico iminente.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s